top of page

O poder do feedback na avaliação educacional: promovendo a autonomia dos alunos além das provas

Atualizado: 18 de ago. de 2023

Uma abordagem pedagógica que se baseia em feedback bem elaborado pode transformar a relação entre educador e aluno, criando um ambiente de aprendizagem mais colaborativo e enriquecedor.

A avaliação educacional deve ir além do conceito tradicional de provas e notas. Sabe-se que as avaliações são um momento crucial durante o aprendizado, e o feedback desempenha um papel fundamental nesse processo. Originário da língua inglesa, a palavra "feedback" significa opinião, retorno, avaliação ou comentário. No contexto educacional, ele se tornou uma ferramenta poderosa para expressar pontos de vista e impulsionar os alunos para níveis mais altos de desenvolvimento.

Ao invés de se limitar apenas às avaliações formais e pontuais, o feedback proporciona aos educadores uma oportunidade contínua de avaliar seus alunos. Ele pode ser utilizado como uma estratégia para estimular a metacognição, permitindo que os alunos reflitam sobre seu próprio processo de aprendizagem. Quando os estudantes recebem feedback construtivo sobre suas realizações e desafios, eles se tornam mais conscientes de suas habilidades e dificuldades, o que, por sua vez, os ajuda a desenvolver maior autonomia em sua jornada acadêmica.

A prática de fornecer feedback não se limita apenas à correção de erros ou à indicação de pontos fortes. Um feedback eficaz é específico, detalhado e encorajador. Os educadores podem destacar os progressos alcançados pelos alunos, incentivar suas tentativas de resolução de problemas e apoiar seu pensamento crítico.

Em suma, o feedback é uma poderosa ferramenta de avaliação que vai além das provas convencionais. Quando utilizado adequadamente, ele pode empoderar os alunos, aumentando sua autonomia e capacidade de autorregulação no processo de aprendizagem. Os educadores têm o poder de nutrir o crescimento e o desenvolvimento contínuo dos alunos através dessa abordagem reflexiva e encorajadora.

Com referências internacionais de destaque, como o Center for Advanced Research on Language Acquisition (CARLA) da University of Minnesota e o Project Zero da Harvard Graduate School of Education, as práticas inovadoras da FourC Learning têm se adaptado à realidade da escola brasileira. Saiba mais aqui.


41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komentar


bottom of page